Reinstalação do gerador Eólico 28/06/2015

Segue um breve relato da operação de reinstalação do gerador eólico do CRAJE no Pico do Bradador feito pelo Diretor de Radioamadorismo Christopher Siqueira – PU5CHR. A ação foi realizada no último domingo dia 28/06/2015.

Olá Senhores,

É com grande satisfação que venho informar que neste domingo, dia 28/6/2015, reinstalamos o gerador Eólico pela terceira vez em seu devido lugar.

Ao chegarmos na base do Bradador identificamos que uma das placas (a maior) havia sido arrancada do telhado, então não só estávamos sem Eólico mas estávamos sem placa solar tambem e por isso que as baterias não aguentaram. Ao subir na repetidora identificamos que a placa com 6 buchas de 12mm haviam sido arrancados e ela estava de ponta cabeça no telhado, graças aos cabos de aço da torre ela não caiu lá de cima e não quebrou.

Com a reinstalação da placa e do Eólico agora será possível a reativação das repetidoras.

Hoje pela manhã as baterias alcançaram a tensão de 13,8 e reativamos a 146.820 (-600 sem subton) e voltará em breve a 439.800 linkada com 147.360 (Rancho Queimado), pendente manutenção nos rádios desta repetidora.

Pedimos desculpas por ficarmos tanto tempo fora do ar e pelos reforços que fizemos, esperamos que o Eólico aguente ventos de até 200km.

Uma ótima semana a todos,

Obs.: Abaixo um breve descritivo como foi a expedição neste domingo.

1. Saímos as 4h do meu QTH em 4 carros 4×4, nos deslocamos até o manulão onde descemos a VTR da carretinha e continuamos viagem nos comunicando em simplex na 146500.

2. Ao chegarmos na chapada ao lado da 439900 fizemos uma pausa para tirar todos e esticar as pernas.

3. Nos deslocamos até antes do Rio dentro da fazenda e passamos a viatura para o outro lado do Rio para então amarras as peças sobre a viatura para iniciar a subida.

4. Optamos em instalar a peça mais pesada na frente para compensar o peso na traseiro pois da ultima vez ela quase tombou empinando 2x.

5. A subida foi lenta e toda guiada por radio devida a falta de visibilidade do solo pois o tripé de 50 kilos estava no bico da viatura.

6. Durante o trajeto quase capotamos o veiculo quando uma das rodas caiu numa fenda que não poderia ter caído ficando com uma das rodas no ar.

7. Ao chegarmos na base do bradador (latão) descarregamos as peças e a equipe passou a deslocar os proximos 200 metros de subida em 45 graus com as peças e mochilas nas costas.

8. Ao chegarmos no topo iniciamos a instalação do mesmo e uma equipe se dedicou na recuperação das asas que estavam amaçadas (a tela de aluminio) enquanto outra equipe se dedicou na instalacao do tripé e da ancoragem.

9. Iniciamos os trabalhos as 9h e finalizamos por volta das 14h em uma equipe de 12 pessoas.

10. Fazia muito frio e muito vento no local e tempo aberto sem chuva.
Christopher Siqueira

image7 image6 image5 image4 image3 image7 image6 image5 image4 image3 image2 image1 image8

 

Comments: 1

  1. Posted by Henrique - PP5NY 30 jun 2015 at 23:20 Reply

    Parabens. Excelente trabalho. 73 pp5ny

Leave a Comment!

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

Related Posts